Sara Cerdas nomeada Presidente do Grupo de Trabalho em Saúde no Parlamento Europeu

A eurodeputada socialista madeirense Sara Cerdas foi nomeada pelo grupo dos Socialistas e Democratas Europeu para presidir o Grupo de Trabalho em Saúde do Parlamento Europeu.     Para Sara Cerdas, “é sem dúvida uma grande honra e responsabilidade...

Sara Cerdas nomeada Presidente do Grupo de Trabalho em Saúde no Parlamento Europeu
A eurodeputada socialista madeirense Sara Cerdas foi nomeada pelo grupo dos Socialistas e Democratas Europeu para presidir o Grupo de Trabalho em Saúde do Parlamento Europeu.     Para Sara Cerdas, “é sem dúvida uma grande honra e responsabilidade ter sido escolhida para este cargo. Esta posição é uma excelente oportunidade para trazer à discussão no Parlamento Europeu as temáticas relacionadas com a saúde, assim como defender a promoção da saúde e bem-estar para todos os cidadãos europeus. Será possível discutir um maior acesso equitativo à saúde tendo em conta, por exemplo, as necessidades sentidas nas Regiões Ultraperiféricas, como é o caso da Madeira, bem como o investimento e investigação nesta área”.   A eurodeputada considera que esta nomeação resulta de um intenso processo negocial, que demonstra como o grupo dos socialistas e democratas Europeu está empenhado em discutir e aprofundar a discussão da saúde no Parlamento Europeu.   O Grupo de Trabalho em Saúde é uma estrutura associada à Comissão de Trabalho do Ambiente, da Saúde Pública e da Segurança Alimentar (ENVI), que acompanha e debate as temáticas de saúde europeias, com profissionais e instituições de saúde, investigadores, universidades e organizações governamentais e não governamentais.   Os Presidentes são responsáveis por planear e coordenar o trabalho do grupo, bem como gerir toda a sua conduta e os temas a discutir.   Esta partilha de conhecimento permitirá trazer à atenção da Comissão ENVI temas cruciais no âmbito da saúde e influenciar o processo legislativo dentro do parlamento. O grupo de trabalho lida com questões como pesquisa sobre cancro, doenças transmissíveis e resistência a antimicrobianos, saúde ambiental, doenças mentais, doenças cardiovasculares, promoção de estilos de vida saudáveis, tecnologia e sustentabilidade nos sistemas de saúde.