Procura de detetives dispara devido ao adultério

Cada vez mais portugueses recorrem à contratação de detetives privados para investigar suspeitas de adultério e traição, revela uma análise da APP  Fixando ao mercado da investigação privada, que aponta ainda para um crescimento da procura...

Procura de detetives dispara devido ao adultério
Cada vez mais portugueses recorrem à contratação de detetives privados para investigar suspeitas de adultério e traição, revela uma análise da APP  Fixando ao mercado da investigação privada, que aponta ainda para um crescimento da procura por estes serviços na ordem dos 135% até ao final do ano.   O adultério é o principal motivo (62%) que leva homens e mulheres a contratar especialistas em investigação privada, seguindo-se pedidos de vigilância (13%), procura de ativos ocultos (6%), verificação de antecedentes (5%) e a custódia de crianças (4%). As atividades mais requisitadas por quem recorre a serviços de investigação privada são a investigação detalhada (42%) e a localização (19%) de pessoas e a monitorização de atividade num local fixo (11%).