“Hoje, toda a gente reconhece que somos um exemplo”, Nuno Vale

A Madeira é reconhecida pela sua estratégia de recuperação do Turismo, foi uma das considerações deixadas por Nuno Vale, diretor executivo da Associação de Promoção da Madeira, no decorrer das jornadas parlamentares do PSD / CDS. O 'Impacto...

“Hoje, toda a gente reconhece que somos um exemplo”, Nuno Vale
A Madeira é reconhecida pela sua estratégia de recuperação do Turismo, foi uma das considerações deixadas por Nuno Vale, diretor executivo da Associação de Promoção da Madeira, no decorrer das jornadas parlamentares do PSD / CDS. O 'Impacto do Turismo na Economia Regional' serviu de temática ao último painel das Jornadas, que ficam concluídas ao final da manhã desta sexta-feira, Caniço. Nuno Vale e Sérgio Costa, diretor do Hotel Four Views Oasis, foram os oradores convidados, num debate moderado pelo deputado Carlos Rodrigues. As características do Turismo numa altura de pandemia e a necessidade de reformular o trabalho que tem vindo a ser feito até agora, para a adaptação às novas circunstâncias, foram a tónica dominante nas intervenções dos dois preletores e na sessão de perguntas e respostas que se seguiu. Nuno Vale salientou que a 'crise levou à mudança de comportamentos' e, hoje em dia, ao nível do Turismo, as reservas são feitas no sistema 'last minute', com a antecipação de uma semana, o que é uma realidade muito distinta daquela que conhecíamos. Além disso, são privilegiados os destinos de maior proximidade e de menor densidade e o target mais disponível para viajar é o dos jovens. No caso da Madeira, em que o turismo é de uma faixa mais envelhecida, este é um problema, apesar de Nuno Vale ter sublinhado que neste verão assistiu-se a uma mudança de paradigma, com um turismo mais jovem. Tendo em conta este cenário, o responsável da APM referiu que, na atual situação, a estratégia deu lugar à tática, sendo a principal preocupação aproveitar as oportunidades que surgem. Num ano que se estimava de excelência em termos de turismo, tendo em conta o crescimento do setor até março, a pandemia veio alterar todas essas expetativas. Contudo, Nuno Vale salientou que, apesar de não serem taxas que satisfaçam o setor, os sinais de retoma são evidentes e mais animadores do que os que se verificam ao nível mundial. Com uma recuperação das rotas de 30% em julho, de 40% em agosto e estimativa de 50% em setembro. "Estamos a retomar", disse, acrescentando que, "hoje, toda a gente reconhece que somos um exemplo na forma como retomámos a economia". Também Sérgio Costa salientou que a mensagem que é transmitida pelos hóspedes é positiva, em especial no que diz respeito ao sistema de controlo implementado no aeroporto e às medidas adotadas, através do programa ambiental, nas unidades hoteleiras do grupo a que pertence. "Os clientes que chegam aqui só dizem bem do que está a ser feito", disse. Tal como Nuno Vale, também o Grupo Four Views tinha grandes expetativas para este ano, tendo que se adaptar às consequências provocadas pela covid-19, reforçando agora o trabalho para a captação de turistas.