Covid-19: Divulgação de dados no Brasil é alterada e Bolsonaro justifica com inconsistências

 O Presidente do Brasil disse hoje que, para "evitar subnotificações e inconsistências", os dados diários sobre a covid-19 no país são divulgados mais tarde, incluindo apenas as novas infeções e mortes das últimas 24 horas, divulgou o portal...

Covid-19: Divulgação de dados no Brasil é alterada e Bolsonaro justifica com inconsistências
 O Presidente do Brasil disse hoje que, para "evitar subnotificações e inconsistências", os dados diários sobre a covid-19 no país são divulgados mais tarde, incluindo apenas as novas infeções e mortes das últimas 24 horas, divulgou o portal G1. Jair Bolsonaro afirmou nas redes sociais que "o Ministério da Saúde adequou a divulgação dos casos e mortes relacionados com covid-19", optando por publicar o balanço diário mais tarde, às 22:00 e não às 19:00, para "evitar subnotificações e inconsistências", refere o G1, portal de notícias do grupo Globo. Na sexta-feira, o boletim diário do Ministério da Saúde brasileiro sobre a covid-19 apenas incluiu o número de novos infetados e mortos e o número de casos recuperados das últimas 24 horas, excluindo os totais acumulados desde o início da pandemia. O Brasil é o país lusófono mais afetado pela doença respiratória infecciosa e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo número de infetados (mais de 645 mil, atrás dos Estados Unidos) e o terceiro de mortos (35.026, depois de Estados Unidos e Reino Unido).