Cão vivia acorrentado a uma árvore nos Canhas sem “um pingo de água” (com vídeo e fotos)

“Após várias denúncias”, a associação Ajuda a Alimentar Cães “decidiu melhorar as condições” de um cão que vivia acorrentado a uma árvore, sem comida e “nem um pingo de água”, conforme reportou a mesma nas redes sociais. Preso a uma corrente...

Cão vivia acorrentado a uma árvore nos Canhas sem “um pingo de água” (com vídeo e fotos)
“Após várias denúncias”, a associação Ajuda a Alimentar Cães “decidiu melhorar as condições” de um cão que vivia acorrentado a uma árvore, sem comida e “nem um pingo de água”, conforme reportou a mesma nas redes sociais. Preso a uma corrente que estava enrolada a uma árvore, o animal vivia sem condições nem espaço para se movimentar na freguesia dos Canhas, Ponta do Sol. Ao contrário do que costuma acontecer em vários resgates da Ajuda a Alimentar Cães por toda a ilha, o caso resolveu-se a bem. O cão, chamado de ‘Bobby’, irá continuar ao cuidado dos atuais tutores, que foram alertados pela associação madeirense para a forma “cruel” como o mesmo vivia.  “Conseguimos sensibilizar os tutores e falamos com outros familiares que ficarão responsáveis por garantir que não volta a viver em más condições”, referiu a associação numa publicação na rede social Facebook, sublinhando que “isto é algo que qualquer pessoa pode fazer quando encontra um animal a viver nestas condições.” Graças à Ajuda a Alimentar Cães, o cão está agora “solto, num espaço limpo, tem comida e água fresca e uma casota.”